3 dicas para uma boa acústica em escritórios.

Ninguém gosta de estar em um ambiente corporativo onde os ruídos se misturam à conversação. A poluição sonora causa estresse interferindo no bem-estar físico e mental. Para resolver esse tipo de problema, o condicionamento acústico para escritórios é a solução ideal.

Nas empresas em geral, a produtividade é um dos principais objetivos, tanto do empregador como do empregado. Quando as estações de trabalho oferecem maior privacidade, as tarefas se desenvolvem de maneira muito mais agradável, possibilitando a otimização das atividades diárias.

Visto que a poluição sonora é um problema de saúde pública global reconhecido pela OMS (Organização Mundial da Saúde), preparamos um post com dicas práticas e úteis que vão ajudar você a desenvolver um projeto com boas soluções para o conforto acústico em escritórios. Acompanhe!

1. Conheça as características dos escritórios

Antes de iniciar um projeto para escritórios, o primeiro passo é estudar os tipos de atividades que costumam ser realizados no ambiente.

Leve em consideração toda a rotina das pessoas que ficarão no espaço determinado. Tarefas como o atendimento de chamadas telefônicas são muito importantes, assim como saber se os funcionários trabalharão em grupo ou individualmente.

Faça o possível para separar os departamentos “ruidosos” dos que precisam de maior privacidade e descubra se a confidencialidade é um problema.

Em um escritório, a variedade de tarefas em andamento é sempre muito constante e pode incluir reuniões, videoconferências pelo computador, a utilização de equipamentos barulhentos e, ao mesmo tempo, a necessidade de concentração. Para cada uma dessas atividades existe uma solução acústica específica.

2 . Entenda a norma e analise o ambiente

Quando o projeto acústico é definido em conjunto com o projeto de arquitetura de interiores, o escritório pode se tornar um lugar bem mais agradável e com menos interferência de ruídos, tanto internos quanto externos.

Esse tipo de tratamento precisa estar em conformidade com a norma NBR 10.152, que determina o nível máximo de ruído em diversos ambientes, de acordo com a atividade

É importante ter em mente que o ambiente corporativo que envolve multiplicidade de tarefas sempre tenderá a ser um local ruidoso. Um planejamento em conjunto de acústica e arquitetura pode maximizar os efeitos das soluções adotadas e minimizar os ruídos em prol da harmonia e do conforto no ambiente.

Estudar a planta da área é um passo vital para as estratégias do seu projeto, deixando as áreas de trabalho isoladas de fontes de ruído como centrais de ar-condicionado, casa de maquinas de elevadores, entre outros. A partir disso, ficará mais fácil estruturar os locais de trabalho e garantir o conforto acústico ao cliente.

3. Use itens que ajudarão no conforto acústico para escritórios

Divisórias

A maioria dos escritórios utilizam as divisórias para redefinir os ambientes de trabalho e diminuir a poluição sonora. Apesar de ser, de fato, um dos itens principais para tratar o isolamento acústico, divisórias mal selecionadas ou instaladas de maneira errada podem acabar perdendo a utilidade.

O mercado possui uma extensa variedade de modelos de divisórias. Elas acompanham distinções entre tecnologias, acabamentos, matéria-prima, padrões de qualidade e preços.

Existe uma série de parâmetros que influenciam na escolha da divisória certa. A seguir, separamos algumas dicas que você deve acompanhar para encontrar a melhor solução para o seu projeto.

Índice de Isolamento Acústico Rw

O Índice de Isolamento Acústico Rw é determinado em laboratório e refere-se ao valor médio de decibéis que a divisória é capaz de barrar. A tabela abaixo nos dá uma idéia da performance em função dos valores de Rw.

Índice de Isolamento RwQuanto da fala é isolada acusticamente?
25 dBConversação normal pode ser ouvida facilmente
30 dBConversação alta pode ser ouvida claramente
35 dBConversação alta pode ser ouvida
40 dBConversação alta pode ser ouvida, mas não compreendida
45 dBConversação alta pode ser ouvida como um murmúrio
50 dBConversação alta é raramente ouvida
55 dBConversação alta não pode ser ouvida
Índices correspondentes às paredes ou divisórias piso/teto

Via de regra, quanto mais pesado ou espesso o painel, melhor será seu isolamento. Isso significa que quanto maior for a massa por metro quadrado da divisória, maior será a capacidade de isolar o som. Tenha atenção para frestas e aberturas, pois podem prejudicar o efeito desejado.

Mantas ou painéis de materiais absorventes acústicos colocados como recheio das divisórias, quando aplicável, podem gerar um ganho de até 5 dB.

Durante a montagem, verifique se os painéis e a estrutura estão bem vedados e instalados. Seguir orientações técnicas dos fabricantes é um dos parâmetros mais importantes para garantir isolamento acústico satisfatório para escritórios. Falhas e descuidos nesse processo podem resultar na redução drástica dos efeitos esperados.

Forros e revestimentos

Você sabia que forros e carpetes são indispensáveis para o condicionamento acústico do ambiente, promovendo a redução de ruido, melhorando as condições de comunicação dos ambientes corporativos. Isso acontece por conta da capacidade de absorção sonora desses elementos.

Existem diversas opções de forros acústicos no mercado entre eles os forros minerais, forros de madeira, espumas acústicas, forros metálicos, entre outros. Os forros são escolhidos pelo índice de absorção sonora NRC (Noise Reduction Coeficient) ou αw (coeficiente de absorção sonora ponderado), entre outras características como segurança ao fogo, sustentabilidade e design. Cada ambiente corporativo, seja um escritório panorâmico ou uma sala de reunião, requer um forro com determinada absorção sonora em função de atividade, acabamentos, formato geométrico, entre outros detalhes avaliados pelo projeto de acústica.

A norma alemã DIN 18041- “Qualidade acústica em salas” recomenda os índices de absorção sonora para ambientes corporativos em função da porcentagem de teto a ser revestido:

Absorção Sonora dos Forros Acústicos – αw
1,000,950,900,850,800,750,700,650,600,55
Tipo de Ambiente% de forro acústico aplicado no teto
Call centers90%90%100%
Escritórios amplos70%70%80%80%90%90%100%
Foyers, circulação20%20%20%20%30%30%30%30%30%40%
Restaurantes50%50%60%60%70%70%80%80%90%90%

Como vimos neste artigo, um escritório cheio de barulho pode comprometer o desempenho dos funcionários da empresa ao causar desconforto e irritabilidade, o que interfere na produtividade.

O tratamento acústico é fundamental para proporcionar uma melhor atmosfera de trabalho para os colaboradores, parceiros e clientes. Um escritório exuberante não será funcional se a acústica não for tratada com excelência.

Dessa forma, as empresas estão investindo cada vez mais em construir ambientes agradáveis não somente aos olhos, mas também aos ouvidos.

Se você gostou de saber mais sobre como cuidar do isolamento acústico para escritórios, assine nossa newsletter gratuita e fique por dentro das novidades desse mercado!

Comments (2)

  1. Ótimo artigo. Vou publica-lo nos nossos (porque a OWA também faz parte dele) sites https:www.linkedin.com/in/lna-acustica e https:www.linkedin.com/groups/8674744.

    1. Olá, ficamos muito gratos por sua gentileza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This