Afinal, vale a pena investir em Tecnologia BIM?

Os computadores e outras tecnologias já fazem parte da rotina de trabalho de um arquiteto. Hoje em dia, é possível utilizar softwares para projetar e simular os ambientes de uma obra. O AutoCad é um dos mais utilizados, possibilitando interface com outros softwares que complementam informações estruturais ou de design. Entretanto, há uma solução mais robusta e moderna no mercado: a Tecnologia BIM.

Um profissional que busca um projeto com design diferenciado precisa acompanhar essa mudança e utilizá-la em seu dia a dia. Como os clientes estão cada vez mais exigentes, você deve conhecer essa nova ferramenta e colocá-la em prática o quanto antes.

Por esses motivos, este post vai mostrar por que o investimento nessa tecnologia é necessário. Você vai descobrir o que ela é, qual é o seu funcionamento e como ela muda a sua forma de atuação no mercado. Confira a seguir.

O que é a Tecnologia BIM?

A modelagem em computação é uma realidade. Utilizada inicialmente pela indústria automotiva, ela cria exemplos virtuais de peças e estruturas, que visam a otimização dos recursos e a redução dos riscos na construção de novos modelos. A arquitetura se beneficia disso também graças aos softwares de projeto com Tecnologia BIM (Building Information Modeling), como Revit, ArchiCAD e SketchUp.

Diferente dos desenhos em 2D ou 3D criados por linhas, a Tecnologia BIM utiliza modelos 3D que contêm várias informações a respeito do material escolhido, como espessura, modulação, quantidade, cor, textura e todas os outros aspectos importantes para uma avaliação futura.

Com isso, é possível ser mais preciso em orçamentos, gerenciamento de obras, performance energética e questões sustentáveis.

Em outras palavras, ela cria uma maquete tridimensional inteligente que apresenta a interface entre os elementos construtivos, permite identificar interferências entre as instalações, quando ocorrem, e facilita a atualização e o gerenciamento de todos os elementos existentes num projeto.

Essa ideia parece simples, mas resolve vários problemas que tiram as noites de sono de um arquiteto. Qualquer modificação é automaticamente vista em todos os cortes, vistas ou plantas gerados desse modelo. O gerenciamento de obras é uma tarefa complicada, que exige muito empenho e dedicação. Sem o uso de tecnologia, a situação se agrava, pois muitos só descobrem os problemas quando eles acontecem no canteiro.

Biblioteca BIM

Os elementos construtivos utilizados nos softwares com Tecnologia BIM recebem o nome de Biblioteca BIM e são encontrados em sites específicos da Europa, Estados Unidos ou Brasil.

É importante utilizar produtos de uma Biblioteca BIM compatível com o sistema construtivo local, compatibilizando o projeto com os insumos da região. Cada material tem as suas características e funções, por isso, é agrupado em “famílias”. De qualquer forma, conheça-as antes de implementá-las em seu negócio.

Portanto, a Biblioteca BIM é formada por famílias de produtos, como forros, portas, janelas e instalações, criados pelos próprios fabricantes. Eles têm informações e dimensões reais, reduzindo problemas de execução em obra.

Quais são as suas vantagens?

Abaixo, você encontra os benefícios que a Tecnologia BIM proporciona:

Otimização do orçamento da obra

O gerenciamento de uma obra não é tarefa fácil, principalmente quando se tem um prazo a cumprir. Sem um planejamento ou controle adequado, pode faltar ou sobrar material. A plataforma BIM fornece todos os dados necessários para a realização de um orçamento enxuto e eficiente. Todas as mudanças são computadas, e você pode até mesmo calcular a quantidade de porcas, parafusos e outros itens utilizados.

Ademais, é possível acompanhar todas as etapas do canteiro e monitorar de perto tudo o que acontece, facilitando o controle logístico da obra.

Redução de falhas

Ao utilizar a Tecnologia BIM, é possível minimizar erros, porque ela permite criar uma maquete tridimensional do edifício a ser construído. Consequentemente, você pode fazer análises e propor soluções antes mesmo que os problemas ocorram no canteiro.

Além disso, você pode testar soluções, ver qual delas apresenta os melhores resultados e corrigir ainda na fase de projeto, minimizando erros.

Quais obstáculos ainda devem ser superados?

Uma mudança nunca acontece do dia para a noite. No começo da década de 1990, os computadores tiveram os mesmos problemas para entrar no ramo construtivo.

Em um primeiro momento, as empresas não conseguiam enxergar os benefícios que eles traziam a longo prazo. Além do mais, os profissionais já estavam acostumados com o desenho à mão. Com o passar dos anos, eles se popularizaram e ganharam cada vez mais adeptos.

O mesmo cenário pode ser relacionado à Tecnologia BIM. As gestões já trabalham há tanto tempo com o AutoCad, que acreditam não ser necessário adotar essa nova tecnologia.

O primeiro problema levantado é a falta de experiência e domínio dos softwares. Para implementá-los, é preciso investir uma certa quantidade de tempo para conhecer e se adaptar às novas interfaces e funções. A criação de grupos para realizar essa transição pode ser um facilitador, para não perder ritmo de trabalho.

Outro ponto está relacionado às exigências de hardware que o BIM tem. Ou seja, é necessário utilizar computadores mais potentes e robustos.

Como é possível transformá-los em chances para crescer?

Todas essas situações são verdadeiras, mas é necessário pensar nas oportunidades que essa tecnologia cria. Todo investimento realizado no presente é convertido em mais produtividade e qualidade do serviço no futuro.

Nessas horas, é preciso planejar antes de migrar para o BIM, já que o lucro não é obtido imediatamente. Fique atento para escolher um projeto-piloto e utilizá-lo na mudança dos processos. Veja quais são as questões problemáticas e descubra as melhores maneiras de resolvê-las.

De qualquer forma, a sua empresa ganha destaque no mercado ao mostrar que sempre está aberta para inovar e entregar obras em um menor tempo e com mais qualidade.

Existem, de fato, vários benefícios sobre a implementação da Tecnologia BIM. Esse conceito está derrubando as barreiras para o crescimento da construção civil, pois permite a criação de obras sustentáveis, integradas e com menores riscos.

Alguns desafios precisam ser superados com muita atenção e cuidado, como preparar a equipe com antecedência e prever uma queda de produtividade no período de adaptação. Contudo, essas questões acontecem em qualquer tipo de mudança e abrem as portas para novas contratações.

Portanto, analise muito bem as condições atuais de sua empresa e veja como é possível aplicar a Tecnologia BIM.

E então, gostou do nosso post? Quer encontrar as melhores soluções em tecnologia integrada para a construção civil? Basta entrar em contato com a nossa empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This